Compartilhar

Nesta semana, o presidente da Potássio do Brasil, Adriano Espeschit, participou do “Encontro com o Presidente”, um evento virtual conduzido pelo diretor-presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), Raul Jungmann. A pauta central da reunião orbitou em torno da reforma tributária, já aprovada no Senado e atualmente em análise na Câmara dos Deputados.

De acordo com o órgão, a reforma, se implementada, poderá impactar de forma significativa setores cruciais para a economia, especialmente aqueles que produzem bens primários e semielaborados. A discussão ressaltou a necessidade de um debate mais amplo, considerando que a mineração brasileira já enfrenta desafios decorrentes da elevada carga tributária.

A Potássio do Brasil, subsidiária da Brazil Potash, ciente da importância desse diálogo, participou ativamente, expressando preocupações e perspectivas em relação aos potenciais impactos da reforma tributária no setor. A empresa, que tem suas operações voltadas para o Projeto Potássio Autazes no Amazonas, enfatiza a importância de políticas tributárias que incentivem o crescimento econômico sustentável.

Conteúdo Produzido pela Potássio do Brasil